Plano de saúde ou seguro saúde?


Com um sistema público de saúde precário, a alternativa para os brasileiros é contratar o seguro saúde para ter certeza de que será atendido quando precisar de um médico. Os noticiários mostram todos os dias os problemas com a falta de hospitais, de médicos, de remédios e até mesmo de leitos para internações. Quem não quer passar por isso acaba contratando empresas privadas para ter acesso a consultas, exames e operações. O sistema privado de saúde oferece inúmeros planos de atendimento, propostas que se tornam bastante atrativas para quem pensa em se proteger e ainda oferecer um atendimento de qualidade para sua família.

Plano de saúde ou seguro saúde? Plano de saúde ou seguro saúde

Na hora de contratar o sistema de saúde suplementar muitas pessoas ficam em dúvida se escolhem um plano de saúde ou o seguro saúde por não entenderem que há diferenças entre os dois modelos de serviços. A diferença principal é que o plano de saúde oferece uma rede de hospitais e médicos da rede própria e uma lista de profissionais credenciados. O associado só será atendido por esses estabelecimentos não sendo ressarcido caso escolha um profissional que não tenha vínculo com a empresa administradora do plano de saúde. Já as empresas que oferecem seguros de saúde possuem uma lista de prestadores de serviço da rede referenciada, mas o segurado que escolher outro profissional de sua confiança terá o valor do atendimento médico-hospitalar reembolsado. Na prática é assim: o plano de saúde oferece uma lista de médicos onde o atendimento será coberto pela empresa sem nenhum tipo de pagamento extra além do boleto mensal. Já o seguro irá reembolsar o valor pago pelo cliente que optou por contratar um serviço particular, mesmo tendo uma rede referenciada que ele pode usufruir.

Como funciona o seguro

O seguro de saúde, assim como os planos, é comercializado em contratos individuais, familiares, empresariais e por adesão. Por isso é comum encontrar empresas que oferecem o seguro como benefício no lugar do plano de assistência médica. Na hora de contratar é preciso verificar os modelos de contratos, pensando nas suas necessidades e analisando a cobertura dos planos. Nessa hora é interessante conhecer os médicos e centros clínicos que fazem parte da rede referenciada para saber onde procurar atendimento em casos de urgência e emergência.

Os valores são diferentes de acordo com a empresa, mas não analise só o preço, mas todo o pacote que é oferecido para poder saber qual é o melhor plano. Os seguros individuais e familiares podem ser contratados por qualquer pessoa física e não tem prazo de duração do contrato. Já os planos coletivos são ofertados para pessoas jurídicas.



Essa informação foi útil? Receba um contato de um especialista para falar sobre esse tema